UZI magazine
 Disco da semana  Filme da semana  Agenda cultural  Roteiro
 »Early  »Wanda  »Quintas de Leitura  »Sacramento Bar
i
ndex
   
m
úsica
  notícias
  comentários
  uzi_chart
  fib 2004
   
c
inema
  notícias
  comentários
  ante-estreia
  cine cartaz
   
d
iscurso directo
   
a
genda cultural
   
o
olho de Dalí
   
v
iva las vegas
   
u
zine
  manifesto
  galeria
  links
  ficha técnica
   
 

   
index » música » uzi_chart
 
 uzi_chart / Maio 2004 por (BC)
 
1. DJ T. – Get Lost/Phantomas (Get Physical Music)
Nos três primeiros lançamentos do alemão Thomas Koch: “Starlit/Electrofied”, “Philly” e “Freemind/Bite”, os elementos sonoros eram apresentados nas mais variadas direcções da música de dança/electrónica da última década, que iam do electro ao disco com passagem pelo italo-house e o hi n-r-g. Oito meses após a última edição, DJ T. regressa com este novo lançamento. “Get Lost” começa com uma linha de baixo que já é a sua imagem de marca (fazendo lembrar os hinos do movimento “acid house” de 1988), seguido de uma batida hipnótica, conduzida por um baixo acústico e um vocoder. O tema “Phantomas” contrasta com o anterior, sendo uma sequência de quase sete minutos de bateria e efeitos sonoros cheios de uma atitude punk-disco nunca antes ouvida nos trabalhos anteriores de DJ T.
 
2. Ellen Allien – Astral (Bpitch Control)
O 12” “Astral” é o novo material lançado por Ellen Allien desde “Berlinette”. A grande surpresa é que os três novos temas são todos eles instrumentais: “Astral” poderia ser um tema dos Smash TV (a batida robótica), Adult (a sequência dos sintetizadores) ou mesmo alguns temas iniciais de T. Raumschmiere (a produção minimal); “BangBang” parece um tema directamente retirado das sessões de “Berlinette”, com o tipo de som a que Ellen Allien nos tem habituado ao longo dos anos, sendo o tema mais calmo deste EP; por último, “Strobo Me” é a faixa mais pesada de todas, com uma batida veloz sendo claramente um tema hard techno.
 
3. The Hacker / Millimetric / David Carretta - Moskow Reise (Goodlife)
A ter que eleger o tema do momento, este seria sem dúvida o escolhido. Da colaboração tripartida entre estes três produtores chega-nos um original fantástico e ainda mais duas excelentes remisturas realizadas pelos Black Strobe e The Horrorist. E é precisamente a remistura realizada pelos Black Strobe que se destaca dos demais temas: eles pegam no original e adicionam-lhe todos os ingredientes já conhecidos da dupla francesa, criando um tema com uma batida vertiginosa e com aquele electro cru tão característico das produções de The Hacker.
 
4. Justice Vs Simian - Never Be Alone (Ed Banger Records)
Retirado do excelente segundo álbum dos Simian (“We Are Your Friends”), o tema “Never Be Alone” é aqui remisturado por Justice (aka Anthony Bowes). Disponível apenas no EP “Never Be Alone”, esta remistura altera por completo o original (permanecendo apenas as vocalizações do refrão), fazendo uma interpretação muito electro-synth pop do referido tema.ustrial ao melhor nível com especial referência para a faixa “Freefall”.
 
5. Miss Kittin – Professional Distortion (Novamute)
O novo lançamento de Miss Kittin (que antecede a edição do novo registo de originais), é um 12” que há primeira audição nos leva a pensar que já ouvimos isto antes… Na realidade, com umas vocalizações a fazer lembrar Tom Tom Club, e uma sonoridade electro-rock, em que as guitarras estão em sintonia perfeita com os sintetizadores, este tema será brevemente mais um clássico de qualquer set. As remisturas presentes no EP são da autoria de Otto Von Schirach e de Modeselektor (este num electro mais agressivo).
 
6. Northern Lite - Gone [Gunjah Remix] (1st Decade Records)
O tema "Gone" é o primeiro single retirado do último álbum (“Reach The Sun”) dos Northern Lite. Nele estão presentes todos os aspectos típicos do “som Northern Lite”: poderoso mas melódico, enérgico mas ao mesmo tempo melancólico, muito rock mas também muito dançavel… Em conjunto com o original estão presentes mais duas remisturas realizadas por DJ Boon (que faz uma interpretação minimal do tema), e a mais destacada de todas realizada por Gunjah, que leva literalmente o tema para uma onda muito mais disco.
 
7. Paul McCartney - Temporary Secretary [Radio Slave Re-Edit] (Parlophone Records)
Este 12” é uma curiosa interpretação por parte dos Radio Slave do clássico tema “Italo-Disco” de Paul McCartney. Sendo apenas uma edição promocional limitada a 500 exemplares, continua ainda sem data de lançamento.
 
8. PFN - Stitch Up [Live At The Roxy] (10 Kilo)
O tema “Stitch Up” foi a primeira edição de John “Ronnie” Ross sob o pseudónimo PFN. Esta versão ao vivo no clube Roxy é ainda mais electro do que o original e caracteriza-se pelo seu ritmo escuro e acelaradamente agressivo. Com uma pulsante linha de baixo a que se junta uns efeitos espaciais sobre uma vocalização que desliza sobre o tema, temos a faixa ideal para abanar qualquer pista de dança.
 
9. Phonique - The Red Dress [Tiefschwarz Remix] (Dessous Recordings)
Editado no passado mês de Abril, chega-nos mais uma extraordinária remistura realizada pelos dois irmãos Tiefschwarz, que mais uma vez provam ser a melhor exportação da Alemanha a nível de produção na actualidade. Com o seu já característico som, eles adicionam ao original uma sonoridade muito mais suja e contagiante, que levará de certeza este tema a ser um dos mais ouvidos nos próximos meses.
 
10. Zoot Woman - Gem [Paper Faces Remix] (Wall Of Sound)
Incluído no último 12” dos ingleses Zoot Woman (“Taken It All”), esta é outra fantástica produção em forma de remistura por parte de Stuart Price (aka Paper Faces). A progressão melódica desta remistura é notável estando presentes várias construções e quebras de ritmo e de intensidade ao longo da faixa, que fazem desta produção um dos grandes temas do momento.
 
arquivo
uzi_chart / Abril 2004
uzi_chart / Março 2004



© UZI magazine 2004
2017-07-26
alojamento: RealFastMedia.com