UZI magazine
 Disco da semana  Filme da semana  Agenda cultural  Roteiro
 »Early  »Wanda  »Quintas de Leitura  »Sacramento Bar
i
ndex
   
m
úsica
  notícias
  comentários
  uzi_chart
  fib 2004
   
c
inema
  notícias
  comentários
  ante-estreia
  cine cartaz
   
d
iscurso directo
   
a
genda cultural
   
o
olho de Dalí
   
v
iva las vegas
   
u
zine
  manifesto
  galeria
  links
  ficha técnica
   
 
 
 
index » disco da semana
 
Early
 
Early
 
Um dos primeiros projectos a assinar pela lendária Factory Records vê agora parte do seu trabalho ser reeditado pela Soul Jazz. O inicio da história musical de A Certain Ratio remonta já a 1978, tendo como formação inicial Simon Topping (vocalista), Martin Moscrop (guitarra e trompete), Peter Terrell (programações) e Jeremy Kerr (baixo), sendo acrescidos, já depois do lançamento do seu primeiro single "All Night Party" (quinto numero da Factory), pelo baterista Donald Johnson. É então editado o seu primeiro album, em cassete, "The Graveyard and The Ballroom", onde já se podiam ouvir as primeiras versões de futuros clássicos dos ACR como "Do The Du" e "Flight" e alguns temas ao vivo gravados durante concertos como banda suporte dos Talking Heads, corria o ano de 1980. Os concertos sucediam-se em Londres, em festas da sua edirora, a Factory e também mais a norte do Reino Unido servindo de banda suporte aos Joy Division.

Em Maio do mesmo ano é gravado o single "Shack Up", originalmente distribuido apenas na Bélgica estando apenas disponivel através de importação. Tornou-se num grande exito no circuito de dança mais underground em Nova York entrando mesmo para o Billboard Top50 nos EUA, que acaba por levar a banda a fazer uma digressão na terra do Tio Sam. Curiosamente, ou não, num dos primeiros concertos em Nova York tiveram como suporte a ainda novata Madonna.
"Shack Up" foi uma das primeiras produções que conseguiu fundir na perfeição o Punk com o funk, ­ era assumidamente material para ser ouvido e, principalmente, dançado.

O album "To Each" é gravado nos Estados Unidos e produzido por Martin Hannett. O resultado final é uma fusão entre o funk americano e o som mais cru do norte de Inglaterra. Seguem-se "Sextet" e "I'd Like To See You Again", que demonstram toda a vontade dos ACR em fazerem musica que cruza uma série de influencias latino/brasileiras com disco, funk e punk. A própria Factory estava a reinventar-se. O punk ficava cada vez mais para trás e começava-se a entrar na era da musica de dança. A morte de Ian Curtis (vocalista dos Joy Division) acaba por dar origem aos New Order, assistindo-se também aos primeiros passos dos Happy Mondays.

Simon Topping acaba por abandonar o grupo e vai para Nova Iorque onde integra outro projecto musical.
Juntam-se então aos ACR o saxofonista Tony Quigley e o teclista Andy
Connell. Manchester era o lugar onde apareciam cada vez mais projectos ligados à musica de dança. Topping forma mais tarde os T-Coy com Mike Pickering que acaba por encontrar a fama nos M-People.
A Factory Records acaba por fechar as portas tendo ainda editado o album "Force", ultimo registo dos ACR para esta etiqueta. É este periodo de história (1978-1985) que a SoulJazz, agora em 2004, pretende revisitar com a edição de "Early". Ao longo deste duplo CD somos bombardeados com os temas mais marcantes da carreira dos A Certain Ratio e conseguimos também perceber tudo o que está para trás de outros projectos actuais como os The Rapture ou LCD Soundsystem. É por isso uma reunião de temas que não só marcaram os ultimos 25 anos de musica, como ainda deixam marcas nos dias que correm.(LP)
 «
 
Artista A Certain Ratio
Álbum Early
Editora Soul Jazz
Ano 2004
 

 


 

 
arquivo
This Is Not a Test - 2004-05-19
Seek - 2004-05-09
Enter The... Spektrum - 2004-05-02
Eclesiastes 1:11 - 2004-04-25
Skalpel - 2004-04-18
Back To Mine - 2004-04-11
electroclash vol. 2 - 2004-04-04
Grey Album - 2004-03-28
The Moldy Peaches - 2004-03-18

© UZI magazine 2004
2017-10-17
alojamento: RealFastMedia.com