UZI magazine
 Disco da semana  Filme da semana  Agenda cultural  Roteiro
 »Early  »Wanda  »Quintas de Leitura  »Sacramento Bar
i
ndex
   
m
úsica
  notícias
  comentários
  uzi_chart
  fib 2004
   
c
inema
  notícias
  comentários
  ante-estreia
  cine cartaz
   
d
iscurso directo
   
a
genda cultural
   
o
olho de Dalí
   
v
iva las vegas
   
u
zine
  manifesto
  galeria
  links
  ficha técnica
   
 
 
 
index » disco da semana
 
The Moldy Peaches
 
The Moldy Peaches
 
Pêssegos em calda.

O pêssego em calda não é a melhor iguaria gastronómica que existe. Não é saudável, não se compara a um pêssego fresquinho acabado de colher da árvore, nem serve para fazer compotas de Outono. Mas quem é que nunca teve o desejo de comer uma lata de pêssego em calda, mesmo com a sensação de estar a ingerir porções de borracha colorida e aromatizada? Os Moldy Peaches são exactamente assim. Não são a melhor banda que existe mas apesar de tudo apetece ouvi-los. Mesmo sem saber porquê.

Adam Green e Kimya Dawson conheceram-se numa loja de discos em Nova Iorque e passado alguns meses já partilhavam o palco com os “The Strokes”. Os 19 temas do seu álbum homónimo parecem tocados em casa, na garagem, no corredor, ou em qualquer outra divisão (vulgo “lo-fi”?). Sem grandes arranjos (ou até “completamente desarranjadas”) são acima de tudo melodias simples, com princípio meio e fim, despidas de artifícios mirabolantes. Duetos descomprometidos, onde duas personagens cúmplices parecem dizer tudo aquilo que lhes apetece, sem preocupações líricas.

Amigos ou algo mais? Nunca saberemos. Porém, versos como “I wake up in the morning / put on my yellow shirt / I get a bite to eat / I go to work” transformam-se em verdadeiras canções e três acordes de guitarra, aparentemente desafinados, acabam por fazer sentido.

Em “Downloading porn with davo” e “NYC’s like a graveyard” piscam o olho a outros casais famosos como Meg e Jack White (“The White Stripes”) e VV e Hotel (“The Kills”). No final, a “Goodbye Song” parece ter sempre existido a encerrar todos os discos. Adam Green pode nunca ter aprendido a cantar e Kimya Dawson pode já não gostar dele mas sabemos que um final assim vale sempre a pena relembrar. “Say goodbye / I won’t cry / Old friend, see you again…”(JN)
 «
 
Título The Moldy Peaches
Artista The Moldy Peaches
Editora Rough Trade UK
Ano 2001
Site oficial www.moldypeaches.com
 

 


 

 
arquivo
This Is Not a Test - 2004-05-19
Seek - 2004-05-09
Enter The... Spektrum - 2004-05-02
Eclesiastes 1:11 - 2004-04-25
Skalpel - 2004-04-18
Back To Mine - 2004-04-11
electroclash vol. 2 - 2004-04-04
Grey Album - 2004-03-28
The Moldy Peaches - 2004-03-18

© UZI magazine 2004
2017-10-20
alojamento: RealFastMedia.com