UZI magazine
 Disco da semana  Filme da semana  Agenda cultural  Roteiro
 »Early  »Wanda  »Quintas de Leitura  »Sacramento Bar
i
ndex
   
m
úsica
  notícias
  comentários
  uzi_chart
  fib 2004
   
c
inema
  notícias
  comentários
  ante-estreia
  cine cartaz
   
d
iscurso directo
   
a
genda cultural
   
o
olho de Dalí
   
v
iva las vegas
   
u
zine
  manifesto
  galeria
  links
  ficha técnica
   
 
 
 
index » disco da semana
 
Grey Album
 
Grey Album
 
Estalou o verniz na edição musical. Danger Mouse é o responsável. Este nova-iorquino, produtor de Hip Hop, juntou aos vocais do The Black Album de Jay Z o White Álbum dos Beatles, criando o seu Grey Álbum. É hip hop sim senhor e do bom. Até aqui tudo bem não fosse a EMI, detentora dos direitos do álbum dos Beatles, avisar Danger Mouse que o melhor que tinha a fazer era não editar o seu álbum cinzento a não ser que estivesse disposto a trabalhar toda a sua a vida (e mais alguma coisa) para poder pagar os direitos de utilização dos acordes dos rapazes de Liverpool.

Esta é então a razão pela qual o álbum não aparece nas lojas mas, como se trata de música que deve chegar ao seu público, quer as grandes editoras gostem ou não gostem cerca de 170 sites disponibilizaram-se para no dia 24 de Fevereiro “libertar” o álbum para quem quisesse fazer o download gratuito das mal-amadas 12 faixas.
Resultado: No dia 24 de Fevereiro de 2004 o Grey Álbum foi o mais movimentado (já que não foi vendido) nos Estados Unidos com mais de 100.000 downloads, o que equivale a mais de 1 milhão de faixas adquiridas, o que o colocou à frente de artistas como Norah Jones. Esse dia ficou conhecido como a terça-feira cinzenta.

Os grandes senhores da música debatem-se agora com questões cujas respostas não serão imediatas. O fenómeno bootleg já existe desde que alguém se lembrou de por dois discos a tocar ao mesmo tempo fazendo com que o resultado final fosse uma outra musica que não era mais do que a perfeita ou imperfeita junção desses originais. Actualmente, com o evoluir da tecnologia que acompanha a evolução da própria produção musical, há meios que permitem aos artistas a manipulação de samplers retirados muitas vezes de temas originais, que depois de muitas voltas se tornam quase irreconhecíveis. Neste ponto ultrapassamos o fenómeno bootleg com o simples formato A+B para chegarmos a um resultado final que é mais do que a mera colagem musical. As grandes multinacionais não se podem esquecer que o futuro da criação musical é não só aquilo em que eles acreditam mas o conjunto do que os novos artistas possam criar ou recriar e tudo o que o público pode consumir.
Não nos podemos esquecer que actualmente, grandes multinacionais ligadas ao meio musical já se aperceberam do crescente interesse do público pelo fenómeno bootleg. O MTV Mash Up é dos programas com mais audiência neste canal de música e que já originou uma tourné mundial com o mesmo nome onde participam os portugueses Dezperados ao lado de grandes nomes do meio musical actual.

Voltando agora ao Grey Álbum, e como já o referi no inicio, é hip hop, os temas dos beatles estão praticamente irreconhecíveis graças ao excelente trabalho de edição de Danger Mouse que nos dá aqui uma lição de como reaproveitar material que muitas vezes já parece perdido. Não é só nos ecopontos que se recolhe material para reciclar… O álbum não está disponível nas lojas e pelo que parece não o irá estar, os mais curiosos podem ainda encontrar sites onde ele é disponibilizado gratuitamente como por exemplo em www.illegal-art.org/audio/grey.html ou então num qualquer famoso programa P2P (soulseek, etc…). (LP)
 «
 
Título Grey Album
Artista Danger Mouse
Ano 2004
Site oficial www.djdangermouse.com
 

 


 

 
arquivo
This Is Not a Test - 2004-05-19
Seek - 2004-05-09
Enter The... Spektrum - 2004-05-02
Eclesiastes 1:11 - 2004-04-25
Skalpel - 2004-04-18
Back To Mine - 2004-04-11
electroclash vol. 2 - 2004-04-04
Grey Album - 2004-03-28
The Moldy Peaches - 2004-03-18

© UZI magazine 2004
2017-06-27
alojamento: RealFastMedia.com