UZI magazine
 Disco da semana  Filme da semana  Agenda cultural  Roteiro
 »Early  »Wanda  »Quintas de Leitura  »Sacramento Bar
i
ndex
   
m
úsica
  notícias
  comentários
  uzi_chart
  fib 2004
   
c
inema
  notícias
  comentários
  ante-estreia
  cine cartaz
   
d
iscurso directo
   
a
genda cultural
   
o
olho de Dalí
   
v
iva las vegas
   
u
zine
  manifesto
  galeria
  links
  ficha técnica
   
 
 
 
index » filme da semana
 
Zatoichi
 
Zatoichi
 
Zatoichi é um filme impressionante. Com um sentido de humor de fazer inveja a muitos, Takeshi Kitano apresenta-nos um conjunto de personagens e pequenas histórias através de os olhos de um cego. É impossível não nos lembrarmos de Kill Bill nas sequências mais sangrentas, com toda a sofisticação de Uma Thurman a ser substituída por uma boa dose de riso. E são hilariantes as passagens em que o louco que sonha ser samurai corre aos gritos de lança em punho.

Mas Zatoichi é mais do que isso. É um filme cuidado ao nível sonoro, com cenas dignas de um espectáculo dos Stomp, em que a simbiose entre o som e os movimentos dos actores é perfeita.

Takeshi Kitano, que foi premiado com o leão de prata para melhor realizador no festival de Veneza de 2003 com este filme – revela todo o seu à vontade atrás da câmara e constrói sequências recheadas de acção e comédia num estilo que prende facilmente à tela. Zatoichi é um filme altamente recomendado.(FM)

Sinopse
Japão, século XIX.
Zatoichi é um viajante cego que ganha a vida a fazer massagens e ao jogo. Mas por trás da sua humilde aparência, Zatoichi revela-se um mestre nas artes do sabre, rápido como a luz e com uma precisão de cortar a respiração.
Durante a travessia de uma montanha, Zatoichi encontra uma pequena cidade subjugada pelo gang de Ginzo, que se livra de qualquer pessoa que se lhe atravesse no caminho. Tarefa facilitada desde que recrutou Hattori, um jovem e exímio samurai.
Numa casa de jogo, Zatoichi e um amigo cruzam-se com duas geishas. Tão belas como perigosas, Okinu e a irmã Osei vieram à cidade para vingar a morte dos pais. Mas a única pista que têm é um nome - Kuchinawa.
Quando Zatoichi encontra os homens de Ginzo o confronto é inevitável.

Kitano dixit
“ZATOICHI não é só o meu primeiro filme de época, mas é, também, a primeira vez desde Violent Cop que realizo um filme a partir de uma ideia concebida por alguém que não eu. Pensei que ZATOICHI fosse um filme difícil de encenar, porque estes filmes são normalmente considerados mais minuciosos que os outros. Aconteceu, no entanto, o contrário e foi muito divertido fazê-lo. Achei que a reconstituição de uma época foi sem dúvida mais estimulante, no plano da imaginação, porque foi preciso reinventar tudo. Isso permitiu-me fazer coisas mais excêntricas do que é habitual e explorar domínios onde nunca me tinha aventurado. No plano criativo e artístico, ZATOICHI foi uma das experiências mais enriquecedoras da minha carreira.”
 «
 
Título Zatoichi
Realizador Takeshi Kitano
Actores Takeshi Kitano, Michiyo Ogusu, Taka Gatarukanaru, Yûko Daike e Saburo Ishikura
Ano 2003
 

 


 

 
arquivo
Vai e vem - 2004-05-31
Milagre segundo Salomé - 2004-05-24
Cães Danados - 2004-05-17
Uzak - Longínquo - 2004-05-10
Playtime - 2004-05-02
A Melhor Juventude - 2004-04-25
Carandiru - 2004-04-19
O Sentido da Vida - 2004-04-12
Jackie Brown - 2004-04-04
Zatoichi - 2004-03-28
Buffalo ’66 - 2004-03-18

© UZI magazine 2004
2017-09-22
alojamento: RealFastMedia.com